Media  |
Fale  |

Coletâneas

Isto é Hollywood Vol.1


The Police

A marca de cigarro “Hollywood” da Souza Cruz é famosa e até quem não fuma conhece, mas a pergunta que quero deixar no ar é a seguinte: Quem se lembra das memoráveis propagandas do cigarro Hollywood na TV nos anos 80?

Antes que alguém venha me criticar, não estou fazendo neste texto nenhuma apologia ao cigarro. Não fumo, nunca fumei e não suporto fumaça de cigarro.

Independente do cerco feito aos fumantes hoje, as propagandas dos cigarros Hollywood marcaram os anos 80, inclusive entre as crianças e adolescentes – palavra de quem foi adolescente na época. Os comerciais mostravam gente bonita, praticando esportes radicais ao som de músicas inesquecíveis da época, como “Did It All For Love”, do Phenomena II, “Love Ain't No Stranger”, do Whitesnake (o vocalista David Coverdale chegou a gravar um jingle pro cigarro, com falas em português), “Don't Stop Believing”, do Journey, “Breaking All The Rules” do Peter Frampton, “Eye Of The Tiger” e “Burning Heart”, do Survivor e várias outras. O sucesso das músicas – lançadas ou não nos comerciais do cigarro – foi tanto que chegou-se a lançar discos do cigarro Hollywood (sim, não é folclore, eles realmente existiram).


Asia

Este tipo de propaganda dos cigarros Hollywood durou de 1973 até meados da década de 1990, quando o hábito de fumar começou a ser condenado pela sociedade.

As propagandas eram realmente incríveis, e a molecada adorava assistir: vela, surfe, bodyboarding, esqui, canoagem, rafting, ultra-leve, balonismo... a gente até ficava na expectativa de qual esporte iria aparecer no próximo comercial. Quem é mais jovem não conheceu essas propagandas milionárias do cigarro Hollywood - modelos famosos e suas lindas mulheres. Belas paisagens e esportes radicais como apelo visual. Qualquer um achava que fumando Hollywood se tornaria um super herói da época. Nem que fosse só no subconsciente.

Doa a quem doer, os comerciais eram lindíssimos, mesmo... Esses comerciais talvez sejam os culpados de muita gente ter começado a fumar, o foco deles era o não fumante, por isso acertavam na mosca, afinal qualquer fumante sabe que fumando, ele mal consegue correr 20 metros… imagine fazer todas aquelas peripécias.

FICHA

"Isto é Hollywood"
Data de Lançamento:
1982

Faixa-a-Faixa: (Vol.1)

Lado A
01. Peter Frampton – Breaking All The Rules
02. Asia – Only Time Will Tell
03. REO Speedwagon – Keep The Fire Burning
04. Survivor – Eye Of The Tiger

Lado B
01. Kansas – Play The Game Tonight
02. Santana – Hold On
03. The Police – Every Little Thing She Does Is magic
04. Tina Turner – Break Through The Barrier


Peter Frampton

Tirando a responsabilidade moral de anúncios e anunciantes, propagandas vendendo um produto que faz mal à saúde, uma coisa é incontestável: essas propagandas eram legais pra caramba. Hoje, comparado com o que se fazia naquela época, percebo que as agências de publicidade não fazem algo parecido nem para vender produtos na MTV. E também a Hollywood patrocinava grandes festivais de rock com atrações internacionais, os Hollywood Rock.

Uma das maiores e melhores heranças desse tempo que era um sucesso, mas não fazia questão do bom senso, são os chamados Hollywood Hits, Uma seleção de vários sucessos de bandas de hard rock legais e outras bandas farofa one hit wonder mesmo, que conseguiam notoriedade no mundo inteiro por apenas 30 segundos de fama.

Mais que uma influência, os reclames da marca Hollywood ditaram um estilo de vida que atingiu a juventude dos anos oitenta. De 1973 a 1998 as propagandas desta marca de cigarro foram todas voltadas para o esporte radical. Até hoje esses clipes de comerciais são distribuídos pela internet, vistos e consumidos por milhares de pessoas saudosistas daqueles anos. Vários foram os álbuns de músicas das propagandas do Hollywood lançados no mercado. Os adolescentes de então sonhavam em ser como os homens das propagandas dos cigarros Hollywood, e fumar, trazer na mão um cigarro, para esta geração era estar na moda, era ser um homem vencedor.

Segue a relação faixa - a - faixa das músicas do Volume 1,

Lado A

01. Peter Frampton – Breaking All The Rules
Peter Frampton, importante nome do rock clássico do fim dos anos 70 e começo dos 80, teve a música "Breaking All The Rules" do seu sétimo álbum de 1981 também presente nessa inesquecível coletânea.

02.
AsiaOnly Time Will Tell
A segunda faixa é composta pelo principal hit do Asia, música que chegou sair primeiramente em single em 1982, mas originalmente ela faz parte do primeiro disco do Asia intitulado de Asia, que ainda nesse disco consta os hits "Heat of the Moment" e "Sole Survivor".

03. REO Speedwagon –
Keep The Fire Burning
A banda mais antiga de todas as reunidas na coletânea, surgida em 1971, lançou alguns álbuns em 1980 e um de seus principais sucessos da década, "Keep The Fire Burning" veio para rechear ainda mais essa coletânea.

04. Survivor – Eye Of The Tiger
Pode dizer sem dúvida que é a música que mais marcou a coletânea. E que por sinal é essencial em qualquer coletânea de rock 80, lembrando que a mesma foi imortalizada como trilha sonora do Rocky III e Rocky IV com Sylvester Stalone. Survivor e Rocky Balboa é união que deu certo sendo que filme Rocky IV os caras emplacaram outra música como trilha sonora 'Burning Heart', as duas músicas ainda fizeram parte da trilha sonora oficial de Rocky IV.

Lado B

01. Kansas – Play The Game Tonight
Banda que fez sucesso nos anos anos 70 e 80 , sendo que o single é de 1982, lançada no album Vinyl Confesions também de 1982, lembrando que o maior sucesso, da banda foi Dust The Wind, lançada em 1977 no álbum Point Of Know Return.

02. Santana – Hold On
Depois de tantos hits e sucessos nos anos 70, Santana implacou Hold On música de 1982, do album Shango, mostrando uma linha mais pop diferente de muita coisa que ele lançou nos anos 70, mas sem perder a essencia latina que o consagrou.

03. The Police – Every Little Thing She Does Is magic
Um dos ícones do pop/rock dos anos 80, cujo o single lançado em 1981 e acompanha o "lado B" Shambele que não faz parte do disco "Ghost The Machine" também de 1981, nesse disco ainda podemos citar o "hit" Spirits In The Material World..

04. Tina Turner – Break Through The Barrier
Uma das principais músicas de Tina Turner que inclusive saiu também na Trilha Sonora do filme Dias de Trovão com Tom Cruise de 1990.

Em breve o volume 2 dessa histórica coletânea...

Marcello Blum